Os trampolins são equipamentos desportivos populares tanto para crianças como para adultos. Este equipamento evoluiu para se tornar uma atividade recreativa, um meio de treino e até um desporto competitivo por direito próprio. Um trampolim é constituído por um tecido elástico esticado sobre uma estrutura metálica, especialmente concebido para saltar quando se salta sobre ele. Esta interação dinâmica cria uma sensação de leveza e liberdade no ar. Oferece uma experiência única e emocionante. Graças a esta versatilidade, os trampolins são muito mais do que um simples jogo – são uma forma de promover a condição física, desenvolver capacidades acrobáticas e desfrutar de momentos de pura diversão ao ar livre.

Trampolins

Os trampolins são equipamentos desportivos populares tanto para crianças como para adultos. Este equipamento evoluiu para se tornar uma atividade recreativa, um meio de treino e até um desporto competitivo por direito próprio. Um trampolim é constituído por um tecido elástico esticado sobre uma estrutura metálica, especialmente concebido para saltar quando se salta sobre ele. Esta interação dinâmica cria uma sensação de leveza e liberdade no ar. Oferece uma experiência única e emocionante. Graças a esta versatilidade, os trampolins são muito mais do que um simples jogo - são uma forma de promover a condição física, desenvolver capacidades acrobáticas e desfrutar de momentos de pura diversão ao ar livre.

A nossa selecção de Trampolins

A nossa selecção de Trampolins

Showing all 2 results

Trampolins

O trampolim combina diversão com benefícios para a saúde. Tornou-se uma alternativa divertida às actividades físicas tradicionais, atraindo pessoas de todas as idades e níveis de aptidão física. Quer se trate de crianças que se divertem no jardim ou de adultos que procuram manter a forma, o trampolim oferece uma vasta gama de benefícios. Para além de ser divertido, O trampolim tem benefícios físicos significativos. Envolve vários grupos musculares, promove a coordenação e melhora a saúde cardiovascular. Pode mesmo ajudar a perder peso. Ajuda também a reduzir o stress, a melhorar o humor e a estimular a cognição.

Como é que o trampolim promove a saúde cardiovascular?

O trampolim promove a saúde cardiovascular de várias formas. Quando salta num trampolim, o seu corpo é sujeito a forças gravitacionais que estimulam o seu sistema cardiovascular. Este gesto encoraja :


  • Aumento do ritmo cardíaco:
    Quando salta no trampolim, o seu ritmo cardíaco aumenta para satisfazer a procura de oxigénio e nutrientes extra necessários durante o exercício. Este aumento do ritmo cardíaco é semelhante ao registado durante uma sessão de cardio tradicional, como a corrida ou o ciclismo.

  • Reforço do músculo cardíaco:
    O trampolim é um exercício aeróbico que exerce uma pressão regular e sustentada sobre o músculo cardíaco. Ao saltar regularmente no trampolim, aumenta o fluxo sanguíneo para o coração. Isto coloca uma pressão adicional sobre o músculo cardíaco. Esta estimulação constante ajuda a fortalecer o músculo cardíaco, melhorando a sua capacidade de bombear o sangue de forma eficiente.

  • Melhoria da resistência:
    As sessões regulares de trampolim ajudam a melhorar a resistência cardiorrespiratória. Ao saltar no trampolim, aumenta a necessidade de oxigénio em todo o corpo, obrigando o sistema cardiovascular a trabalhar mais. Com o tempo, o seu corpo adapta-se a este esforço, o que resulta numa maior resistência cardiovascular.

  • Redução do risco de doenças cardiovasculares:
    O exercício regular no trampolim pode ajudar a reduzir os factores de risco de doenças cardiovasculares. Estas incluem a tensão arterial elevada, o excesso de peso, o colesterol elevado e a diabetes de tipo 2. Ao fortalecer o seu sistema cardiovascular, o trampolim pode ajudar a melhorar a sua saúde geral e reduzir o risco de problemas cardíacos.

O trampolim ajuda a perder peso?

O trampolim pode ajudá-lo a perder peso de forma eficaz. Eis como o trampolim pode emagrecer a sua silhueta:

  • Queimar calorias: O trampolim é uma atividade física que trabalha muitos dos músculos do corpo. Quando se salta no trampolim, as pernas, os abdominais, os braços e os outros músculos são activados para gerar energia e movimento. Esta atividade dinâmica e intensa resulta num gasto significativo de calorias. Dependendo da intensidade do treino e da duração da sessão, o trampolim pode queimar entre 200 e 400 calorias por hora.
    Saiba mais sobre o programa HIIT para queimar mais calorias rapidamente

  • Ativar o seu metabolismo:
    O exercício no trampolim estimula eficazmente o metabolismo. Os movimentos de salto e de ressalto envolvem vários grupos musculares. Isto leva a um aumento da sua taxa metabólica basal, ou seja, o número de calorias que o seu corpo queima em repouso. Com um metabolismo mais elevado, o seu corpo continua a queimar calorias mesmo depois do treino.

  • Reforçar os músculos:
    O trampolim utiliza diferentes músculos do corpo, incluindo os das pernas, dos músculos abdominais, dos glúteos, dos braços e das costas. Ao efetuar saltos e movimentos controlados, fortalece estes músculos. Isto pode contribuir para um aumento da massa muscular. Este facto tem um efeito benéfico na perda de peso, uma vez que os músculos queimam mais calorias do que o tecido adiposo, mesmo em repouso.

  • Melhorar a coordenação e o equilíbrio:
    O trampolim exige um bom controlo do corpo e uma coordenação precisa dos movimentos. Ao praticar regularmente num trampolim, pode melhorar a sua coordenação e equilíbrio. Isto pode incentivá-lo a praticar outras actividades físicas e a adotar um estilo de vida mais ativo. Isto favorece a perda de peso.

Que partes do corpo estão envolvidas numa sessão de trampolim?

Uma sessão de trampolim envolve várias partes do corpo, proporcionando-lhe um treino completo. Eis as principais partes do corpo envolvidas numa sessão de trampolim:


  • As pernas:
    Os músculos das pernas são particularmente trabalhados durante uma sessão de trampolim. Os quadríceps, localizados na parte da frente das coxas, são ativamente envolvidos para estender os joelhos durante o salto. Os isquiotibiais, situados na parte de trás das coxas, são também utilizados quando os joelhos se dobram durante a aterragem. Os gémeos são utilizados para estabilizar os tornozelos e ajudar a impulsionar o corpo quando se salta.

  • Músculos abdominais:
    Os músculos abdominais, incluindo o reto abdominal e os músculos oblíquos, são utilizados durante uma sessão de trampolim. Estes músculos estão envolvidos na manutenção da estabilidade do tronco e da postura durante os saltos. Ajudam também a gerar a força necessária para os movimentos de salto e a estabilizar o corpo no ar.

  • Músculos glúteos:
    Os músculos glúteos, em particular o glúteo máximo, são ativamente utilizados quando se salta no trampolim. Estes músculos poderosos ajudam a gerar a força necessária para impulsionar o corpo para cima durante os saltos. Ajudam também a estabilizar a pélvis e a manter o equilíbrio durante o exercício.
  • Músculos das costas: Os músculos das costas, incluindo os músculos lombares e superiores das costas, são utilizados para manter uma postura erecta e apoiar o tronco durante o movimento no trampolim. Trabalham em sinergia com os músculos abdominais para proporcionar a estabilidade e a força necessárias.
  • Músculos dos braços: Os músculos dos braços também são utilizados durante uma sessão de trampolim, embora em menor grau do que os das pernas e do tronco. Os braços são utilizados para manter o equilíbrio, efetuar movimentos de braços sincronizados com os saltos e dar um impulso extra durante os saltos mais enérgicos.

Que critérios devo ter em conta ao comprar um trampolim?

Ao comprar um trampolim, é essencial ter em conta uma série de critérios para encontrar o modelo que melhor se adapta às suas necessidades. Eis alguns pontos importantes a considerar:

  • Tamanho do trampolim: A escolha depende do espaço disponível no seu jardim ou área exterior. Meça o espaço disponível e escolha um tamanho adequado.
  • Segurança Segurança: Certifique-se de que o trampolim tem uma rede de segurança à volta da área de saltos para evitar que os utilizadores caiam acidentalmente. Verifique também a qualidade das molas, da almofada de proteção e da estrutura do trampolim para garantir uma utilização segura.

  • Capacidade de peso :
    Verifique a capacidade máxima de peso do trampolim para se certificar de que pode acomodar os utilizadores pretendidos. Recomendamos que escolha um trampolim que possa suportar mais peso do que os utilizadores habituais, para garantir a sua segurança e durabilidade.
  • Materiais de construção : Escolha um trampolim feito de materiais duráveis e resistentes às intempéries. A estrutura do trampolim deve ser sólida e estável para suportar os saltos repetidos e as condições exteriores. As molas devem ser robustas e resistentes à corrosão.