As barras paralelas são utilizadas não só na ginástica, mas também no crosstraining. É um acessório indispensável para trabalhar a parte superior do corpo.
Constituídas por duas barras horizontais paralelas elevadas acima do solo a uma altura regulável, permitem realizar uma série de exercícios destinados a trabalhar os músculos da parte superior do corpo.

O treino nas barras paralelas tem muitas vantagens. Em primeiro lugar, favorece um desenvolvimento muscular equilibrado. Envolve os músculos dos braços, dos ombros, das costas e do tronco. Melhora igualmente a estabilidade, a mobilidade e a flexibilidade das articulações. Tudo isto permitindo-lhe treinar com o seu próprio peso corporal. Os exercícios disponíveis são variados e vão desde as flexões e mergulhos básicos até movimentos mais avançados como L-sits, handstands e muscle-ups. Qualquer que seja o seu nível, as barras paralelas constituem uma forma prática e flexível de treinar em diferentes ambientes.

Em suma, este equipamento é um acessório essencial para quem procura melhorar a força, a estabilidade, a mobilidade e a flexibilidade da parte superior do corpo. Quer se trate de ginástica, de crosstraining ou de outras disciplinas desportivas exigentes. Incorpore-os na sua rotina de exercícios para obter resultados impressionantes e uma experiência de treino gratificante.

Barras paralelas

As barras paralelas são utilizadas não só na ginástica, mas também no crosstraining. É um acessório indispensável para trabalhar a parte superior do corpo. Constituídas por duas barras horizontais paralelas elevadas acima do solo a uma altura regulável, permitem realizar uma série de exercícios destinados a trabalhar os músculos da parte superior do corpo. O treino nas barras paralelas tem muitas vantagens. Em primeiro lugar, favorece um desenvolvimento muscular equilibrado. Envolve os músculos dos braços, dos ombros, das costas e do tronco. Melhora igualmente a estabilidade, a mobilidade e a flexibilidade das articulações. Tudo isto permitindo-lhe treinar com o seu próprio peso corporal. Os exercícios disponíveis são variados e vão desde as flexões e mergulhos básicos até movimentos mais avançados como L-sits, handstands e muscle-ups. Qualquer que seja o seu nível, as barras paralelas constituem uma forma prática e flexível de treinar em diferentes ambientes. Em suma, este equipamento é um acessório essencial para quem procura melhorar a força, a estabilidade, a mobilidade e a flexibilidade da parte superior do corpo. Quer se trate de ginástica, de crosstraining ou de outras disciplinas desportivas exigentes. Incorpore-os na sua rotina de exercícios para obter resultados impressionantes e uma experiência de treino gratificante.

A nossa selecção de Barras paralelas

Showing all 4 results

Barras paralelas

As barras paralelas são uma peça de equipamento muito popular entre os atletas e ginastas. Melhoram a força, a estabilidade e a mobilidade da parte superior do corpo. Quer seja um entusiasta de fitness experiente ou um novato que procura adotar um estilo de vida mais ativo, as barras paralelas oferecem uma experiência de treino única que pode transformar a sua rotina habitual numa viagem física de descoberta.

O que são barras paralelas?

As barras paralelas são uma peça de equipamento de fitness que consiste em duas barras horizontais e paralelas que são elevadas acima do solo a uma altura ajustável. Este equipamento, feito de metal ou madeira, foi concebido para realizar uma variedade de exercícios para a parte superior do corpo, concentrando-se nos músculos dos braços, ombros, costas e tronco.

Como o seu nome indica, estas barras estão posicionadas de forma a ficarem paralelas umas às outras. Oferecem espaço suficiente para o corpo passar entre elas. Isto permite ao utilizador suportar o peso do seu corpo com os braços enquanto executa vários movimentos funcionais, tais como mergulhos, flexões, L-sits, pausas para as mãos, dobras e até mesmo elevações musculares.

Porquê treinar nas barras paralelas?

O treino nas barras paralelas tem uma série de vantagens que o tornam uma opção atractiva para os entusiastas do fitness de todos os níveis. Eis as razões pelas quais deve treinar nas barras paralelas:


  • Desenvolvimento muscular equilibrado:
    Os exercícios realizados nas barras paralelas envolvem uma variedade de grupos musculares da parte superior do corpo, incluindo ombros, tríceps, peitorais e músculos das costas. Isto permite um desenvolvimento muscular harmonioso e equilibrado.

  • Estabilidade e força funcional:
    Ao utilizar as barras paralelas, fortalece não só os seus músculos, mas também a estabilidade das suas articulações. Os movimentos realizados nas barras paralelas envolvem os músculos estabilizadores, favorecendo o desenvolvimento de uma força funcional que se traduz num melhor desempenho nas actividades quotidianas.
  • Mobilidade e flexibilidade: Os exercícios nas barras paralelas favorecem o movimento das articulações. Isto ajuda a melhorar a flexibilidade dos ombros, dos pulsos e da parte superior do corpo em geral, promovendo simultaneamente uma melhor mobilidade das articulações.
  • Treino com o peso do corpo: As barras paralelas permitem-lhe realizar exercícios eficazes utilizando apenas o seu próprio peso corporal. Esta é uma opção prática, especialmente para quem prefere treinar sem equipamento pesado ou em espaços confinados.

  • Exercícios variados:
    As barras paralelas oferecem uma variedade de exercícios, desde movimentos básicos, como mergulhos e flexões, a exercícios mais avançados, como L-sits, pausas para as mãos e elevações musculares. Esta variedade permite-lhe trabalhar diferentes grupos musculares a partir de diferentes ângulos.

  • Adaptabilidade:
    As barras paralelas são adequadas para todos os níveis de condição física, uma vez que os exercícios podem ser adaptados ao seu nível de força e habilidade. Quer se trate de um principiante ou de um jogador avançado, há sempre novas variações e progressões a explorar.

  • Praticidade:
    As barras paralelas podem ser utilizadas em vários ambientes, seja no ginásio, no parque ou em casa. Isto dá-lhe a flexibilidade de treinar onde quiser.

  • Desafio mental:
    Movimentos como as paradas de mão e os L-sits nas barras paralelas exigem coordenação e equilíbrio precisos. Também estimula a sua mente, ajudando-o a melhorar a concentração e a consciência corporal.

Que exercícios posso fazer com as barras paralelas?

As barras paralelas permitem realizar exercícios que visam principalmente os músculos da parte superior do corpo, mas também podem envolver o núcleo e melhorar a estabilidade. Aqui está uma lista de exercícios que pode fazer com as barras paralelas:


  • Mergulhos :
    Este é um dos exercícios mais básicos com barras paralelas. Visam principalmente os músculos dos tríceps, dos ombros e do peito.

Ler: 5 exercícios para fortalecer os músculos dos ombros


  • Flexões :
    Permitem uma maior amplitude de movimentos do que as flexões tradicionais. Isto ativa os músculos da parte superior do corpo, incluindo os peitorais, os ombros e os tríceps.

  • L-Sits :
    Estes são exercícios de manutenção que envolvem fortemente os músculos abdominais, os ombros e os tríceps. Também melhoram a força e a estabilidade do núcleo.

  • Paradas de mão:
    Estes exercícios requerem uma grande estabilidade e força na parte superior do corpo. Fortalecem os ombros, os braços e o núcleo, melhorando simultaneamente o equilíbrio.

  • Muscle-Ups:
    Estes são movimentos avançados em que se passa do mergulho para o pull-up num movimento fluido. Trabalham os músculos das costas, dos ombros, dos tríceps e dos abdominais.
  • Remada invertida: Segurando as barras paralelamente e puxando o corpo para cima, o objetivo principal é trabalhar os músculos das costas e dos bíceps.
  • Prancha : A prancha nas barras paralelas é um exercício de apoio que fortalece o tronco, os ombros e os braços. Melhora igualmente a estabilidade do tronco.
  • Levantamento de pernas: Ao suspender as pernas e levantá-las para cima, está a trabalhar os músculos abdominais inferiores.

  • Extensões de costas:
    Ao efetuar uma extensão de costas segurando nas barras, trabalha os músculos das costas e dos ombros, ao mesmo tempo que melhora a mobilidade dos ombros.