A polia, uma peça essencial do equipamento de fitness, oferece uma variedade de exercícios para todos os grupos musculares. Esta máquina versátil utiliza a resistência para trabalhar a força, a tonificação muscular e a reabilitação.

Concebida de forma ergonómica, a roldana assegura um movimento suave e natural, reduzindo o risco de lesões. É adequado para todos os níveis, quer se trate de um principiante ou de um cavaleiro experiente. Com os seus múltiplos acessórios, permite-lhe atingir com precisão cada grupo muscular.

As possibilidades de exercício são infinitas, oferecendo total flexibilidade no seu programa de treino. Pode personalizar a sua sessão, ajustando a resistência, a carga e a amplitude de movimento. Isto permite-lhe obter resultados tangíveis em termos de força, tonificação muscular e flexibilidade.

A polia não só melhora a sua condição física, como também é ideal para a reabilitação após uma lesão, ajudando a restaurar a mobilidade e a força. Investir neste equipamento significa investir na sua saúde e bem-estar.

Quer se trate de objectivos desportivos ou simplesmente de manter a forma, a polia é uma solução completa. É o seu aliado para alcançar as suas aspirações de fitness. Com uma utilização regular, verá benefícios tangíveis para o seu corpo.

Em suma, a polia é uma ferramenta versátil que oferece uma variedade de exercícios para todos os grupos musculares, adapta-se a todos os níveis e ajuda a melhorar a força, o tónus muscular e a flexibilidade. É um investimento valioso na sua saúde e boa forma física.

Polias

A polia, uma peça essencial do equipamento de fitness, oferece uma variedade de exercícios para todos os grupos musculares. Esta máquina versátil utiliza a resistência para trabalhar a força, a tonificação muscular e a reabilitação. Concebida de forma ergonómica, a roldana assegura um movimento suave e natural, reduzindo o risco de lesões. É adequado para todos os níveis, quer se trate de um principiante ou de um cavaleiro experiente. Com os seus múltiplos acessórios, permite-lhe atingir com precisão cada grupo muscular. As possibilidades de exercício são infinitas, oferecendo total flexibilidade no seu programa de treino. Pode personalizar a sua sessão, ajustando a resistência, a carga e a amplitude de movimento. Isto permite-lhe obter resultados tangíveis em termos de força, tonificação muscular e flexibilidade. A polia não só melhora a sua condição física, como também é ideal para a reabilitação após uma lesão, ajudando a restaurar a mobilidade e a força. Investir neste equipamento significa investir na sua saúde e bem-estar. Quer se trate de objectivos desportivos ou simplesmente de manter a forma, a polia é uma solução completa. É o seu aliado para alcançar as suas aspirações de fitness. Com uma utilização regular, verá benefícios tangíveis para o seu corpo. Em suma, a polia é uma ferramenta versátil que oferece uma variedade de exercícios para todos os grupos musculares, adapta-se a todos os níveis e ajuda a melhorar a força, o tónus muscular e a flexibilidade. É um investimento valioso na sua saúde e boa forma física.

A nossa selecção de Polias

Showing all 5 results

Polias

O treino com pesos é uma arte subtil que requer a utilização de uma variedade de ferramentas e equipamentos concebidos para desenvolver a força, a massa muscular e a definição. Entre estas ferramentas, a polia é uma das mais essenciais. Como mecanismo engenhoso para gerar uma resistência constante e controlada, a polia oferece vantagens únicas em relação aos pesos livres tradicionais. Oferece uma gama mais alargada de movimentos e permite direcionar grupos musculares específicos, ao mesmo tempo que ajuda a manter a estabilidade e a forma física.

Que músculos são visados pelo treino com polias?

O treino com roldanas oferece uma grande variedade de exercícios que visam diferentes grupos musculares. Eis alguns exemplos de músculos frequentemente utilizados durante o treino com polia:

Músculos das costas :


  • Trapézio :
    Os exercícios de tração (como a tração vertical ou horizontal) visam o trapézio superior e médio.
  • Os rombóides : Estes músculos estão principalmente envolvidos na retração das omoplatas.

  • Músculos das costas:
    Exercícios como os pull-downs e os pulls verticais trabalham os músculos latissimus dorsi, contribuindo para umas costas bem desenvolvidas.

Músculos do ombro :

  • Os deltóides: As polias oferecem a oportunidade de trabalhar especificamente diferentes partes dos deltóides, incluindo a anterior, a lateral e a posterior.

  • Os músculos supra-espinhoso e infra-espinhoso:
    Estes pequenos músculos desempenham um papel crucial na estabilidade do ombro e são utilizados em exercícios direccionados para os ombros.

Músculos do braço :


  • Bíceps:
    As roldanas podem ser utilizadas para exercícios de curl que trabalham os bíceps.
  • Tríceps: Os movimentos de empurrar com roldanas (como as extensões de tríceps) são eficazes para trabalhar os tríceps.

Músculos do peito :


  • Peito:
    Os cabos de polia podem ser utilizados para exercícios de resistência que visam os peitorais, como o cabo crossover para fortalecer o peito.

Músculos das pernas :


  • Quadríceps e isquiotibiais:
    Embora menos comuns, alguns exercícios de polia podem ser adaptados para trabalhar os músculos das pernas, incluindo extensões de pernas ou movimentos de cabo para os isquiotibiais.

Quais são os diferentes exercícios que podem ser efectuados com polias?

Existe uma vasta gama de exercícios que podem ser efectuados com roldanas para atingir diferentes grupos musculares. Segue-se uma lista de exercícios de polia comuns:


  • Puxada vertical (Lat Pull-Down):
    Tem como alvo os músculos das costas, em particular o latissimus dorsi.

Ler mais: Vantagens e conselhos sobre as técnicas de tração vertical


  • Remada de cabo sentado:
    Envolve os músculos das costas, trapézio e rombóides.

  • Crossover de cabo:
    Muito eficaz para os músculos estabilizadores do peitoral e do peito.

  • Flexão de tríceps:
    Tem como alvo os tríceps para um desenvolvimento ótimo dos braços.

  • Flexão de bíceps com cabo:
    Trabalha os bíceps com resistência contínua para uma tensão constante.

  • Extensão de tríceps à cabeça:
    Tem como objetivo isolar os tríceps para aumentar a definição.

  • Elevação lateral com cabo:
    Trabalha os deltóides laterais para alargar os ombros.

  • Remada de cabo com um braço:
    Tem como alvo específico os músculos das costas e melhora o equilíbrio muscular.

  • Puxada de braço reto:
    Envolve as costas, concentrando-se nos músculos latissimus dorsi.

  • Extensão da anca com cabo:
    Tem como alvo os músculos dos glúteos para o desenvolvimento e estabilidade da parte inferior do corpo.

  • Flexão de pernas com cabo:
    Trabalha os isquiotibiais para fortalecer os músculos posteriores da coxa.

  • Rotações do tronco (Cable Woodchoppers):
    Fortalece os músculos oblíquos e do núcleo para estabilidade e mobilidade.

Como realizar corretamente os exercícios de polia?

A execução correcta dos exercícios de polia é essencial para otimizar as suas sessões de treino, reduzindo o risco de lesões. Eis algumas dicas práticas para o ajudar a realizar o trabalho:


  • Postura e estabilidade:
    Mantenha uma postura dorsal neutra, com os pés afastados à largura dos ombros, e envolva os músculos abdominais para apoiar a coluna vertebral.

  • Respiração:
    Inspire durante a fase de alongamento muscular (excêntrica) e expire durante a fase de contração muscular (concêntrica) do exercício.

  • Controlo da resistência :
    Comece com uma resistência ligeira para dominar a técnica, depois aumente gradualmente.

  • Amplitude de movimentos:
    Manter uma amplitude de movimentos completa e controlada, sem forçar ou provocar movimentos bruscos. Evitar o bloqueio das articulações.

  • Forma correcta:
    Siga o percurso do movimento específico de cada exercício, evite balançar e concentre-se na contração muscular em cada repetição.

  • Aquecimento:
    Prepare os músculos e as articulações com um aquecimento adequado, incluindo algumas séries ligeiras antes de cargas mais pesadas.

  • Progressão:
    Aumentar gradualmente a resistência para evitar lesões, dando prioridade à técnica e à qualidade do movimento.

  • Hidratação e nutrição adequadas:
    Uma hidratação adequada e uma dieta equilibrada são essenciais para apoiar o seu corpo durante o treino e promover uma recuperação óptima.

  • A importância do descanso :
    Dê tempo ao seu corpo para recuperar entre as sessões de treino. O excesso de trabalho pode aumentar o risco de lesões.